Dúvidas Frequentes

Não. Muito pelo contrário: com o método russo as unhas naturais passam a crescer cada vez mais fortes e saudáveis. O enfraquecimento das unhas costuma estar associado aos alongamentos, que adotam práticas prejudiciais como o lixamento da superfície das unhas e a utilização de produtos químicos perigosos, como a acetona. Erros na remoção também contribuem para a má reputação desses procedimentos. Na Bela Russa não utilizamos acetona, jamais lixamos a superfície das unhas e realizamos a remoção de forma 100% segura.

De duas a três horas, dependendo das características e do estado das unhas, bem como do serviço escolhido. Parece muito, mas se você fizer as contas, vai perceber que com o método russo você vai economizar tempo. Afinal, na Bela Russa você vai fazer as unhas uma vez ao mês, e não toda semana. É justamente por isso que a maioria de nossas clientes são mulheres muito ocupadas, que precisam estar sempre prontas para o trabalho, mas que não têm disponibilidade de fazer as unhas semanalmente.

Sim. Solicitamos que a cliente não tenha removido as cutículas por pelo menos 7 dias e que, no dia do agendamento, não utilize creme hidratante nas mãos antes do atendimento. Recomendamos ter no mínimo 16 anos para realizar qualquer procedimento estético, pois até essa idade o organismo ainda está em processo de formação. Caso você tenha esmaltes ou alongamentos em suas unhas, não se preocupe. Ao contratar um de nossos serviços, nossas profissionais farão a remoção de forma segura, sem custo adicional.

No método russo, não fazemos manutenção. Manter o material antigo e só completar a área onde as unhas cresceram é uma conduta típica dos alongamentos. Consideramos perigoso manter as unhas cobertas por tempo indefinido, pois isso pode ocultar o surgimento silencioso de infiltrações e doenças. Por isso, no método russo o esmalte antigo é sempre removido e, a cada sessão, realizamos um procedimento completamente novo. 

Não. Na Bela Russa não usamos as palavras cutilagem, cuticulagem ou cutilação. Elas não existem no dicionário e, mesmo que existissem, não seriam adequadas. Esses termos se referem à remoção da cutícula, apenas uma das etapas da técnica que usamos, chamada "manicure com aparelho", que inclui também a regra do comprimento, a harmonização de formato e a esfoliação de microcalosidades.

Não. O método russo vai exatamente na contramão das extensões artificiais, sejam elas de gel, de fibra ou de acrílico. A diferença não está nos materiais, mas no conceito: enquanto os alongamentos propõem substituir suas unhas por próteses, o método russo trabalha na sua conservação e fortalecimento. Bastam algumas sessões para que suas unhas naturais cresçam fortes e saudáveis.

Não. Esses termos se referem às técnicas que substituem as unhas naturais por próteses artificiais. A Bela Russa faz justamente o oposto: nós cuidamos das suas unhas para que elas cresçam fortes e saudáveis, de modo que você nunca precise utilizar alongamentos artificiais.

Não. Esses procedimentos são técnicas simplificadas para melhorar a duração do esmalte e a resistência das unhas. Contudo, no método russo, as técnicas vão muito além de melhorar a resistência e a durabilidade. Na Bela Russa, nossas profissionais literalmente cuidam das suas mãos e unhas, removendo calosidades e corrigindo trincas, rugosidades, desvios de eixo e problemas de curvatura em unhas planas, côncavas e convexas.

Não. Embora o método russo também ofereça solução para os pés, na Bela Russa optamos por oferecer serviços exclusivos para as mãos. Essa decisão está fundamentada em nossa busca pela excelência, pois acreditamos que quanto maior a especialização naquilo que fazemos, maior a qualidade dos serviços que prestamos.

Sim! Inclusive esse é o método mais indicado para quem tem problemas de cicatrização, pois não utiliza instrumentos de corte, evitando o risco de lesão e sangramento. Na manicure com aparelho, a remoção de cutículas e calosidades é realizada 100% a seco, por meio de um processo chamado microdermoabrasão, uma espécie de peeling ou esfoliação mecânica.

Sim. O hábito de roer as próprias unhas, também conhecido como onicofagia, está associado a questões emocionais. Na Bela Russa não temos o propósito de resolver questões médicas, mas se a cliente decidir enfrentar esse hábito, o método russo pode ser um grande aliado, pois oferece técnicas especificas para a recuperação e o fortalecimento das unhas naturais.

Utilizamos esmalte gel profissional do tipo "buff off" (removível apenas com fresas). A aplicação é realizada em um sistema trifásico – base, cor e top. Esse tipo de esmalte é muito mais avançado e seguro que os materiais popularmente utilizados no mercado nacional. Todos os nossos produtos são hipoalergênicos e certificados pelos mais importantes órgãos de regulação europeus.

Sim. A espessura de nossos esmaltes é ligeiramente maior que a do esmalte comum, mas isso não quer dizer que a aparência de suas unhas ficará grosseira. Na esmaltação de alta precisão aplicamos um volume maior de esmalte no centro da placa com o objetivo de padronizar a curvatura e deixar a unha mais resistente. Para manter o aspecto delicado, reduzimos a quantidade de material nas bordas e extremidade das unhas, deixando nessas áreas uma espessura praticamente imperceptível.

Sabemos que, no Brasil, fazer as unhas toda semana se tornou uma tradição cultural, principalmente devido à baixa durabilidade dos esmaltes comuns. No entanto, na Bela Russa, a saúde das suas unhas e cutículas é nossa maior prioridade, e procedimentos excessivamente frequentes podem ser prejudiciais. Utilizamos um material profissional importado de alta durabilidade, capaz de garantir cores vivas e brilho intenso por até 4 semanas. Por isso, estabelecemos um intervalo mínimo de 15 dias entre as sessões. Algumas artistas ou modelos fotográficas que enfrentam demandas urgentes de troca de cor devido a compromissos profissionais costumam recorrer a uma manicure convencional para a aplicação de esmalte comum sobre o gel. Mas nós não realizamos nem endossamos essa prática.

Não. O esmaltes profissionais que utilizamos só podem ser removidos com a utilização de fresas especiais. Tentar removê-los em casa com lixas ou acetona irá danificar as suas unhas. Existem esmaltes similares que podem ser removidos em casa, mas por serem vulneráveis a produtos químicos, não oferecem a mesma durabilidade. Sempre que você quiser apenas retirar o material, basta agendar um encaixe que nós fazemos o procedimento de forma gratuita. Leva só 15 minutinhos.

A princípio, a técnica convencional com alicate parece custar menos, mas você precisa voltar toda semana para refazer. Na Bela Russa, você volta uma vez por mês e o resultado é muito superior. No final das contas, vale muito a pena! Já os alongamentos costumam custar até mais – e sempre entregam muito menos. Afinal, não dá para comparar uma prótese artificial com suas próprias unhas naturais.